Empreendedorismo é sinônimo de determinação

0

Olivardo Saqui é um grande exemplo de como empreender caminha junto com esforço e insistência

Segundo o  site oficial da empresa endeavor, grande incentivadora de novas e grandes ideias no mundo dos negócios, a definição de empreendedorismo é dada como questionamento da realidade, fazer acontecer a evolução todos os dias. Ao inovar e solucionar problemas de outras pessoas, de outras empresas ou de toda a sociedade, um empreendedor e seu novo negócio promovem um grande desenvolvimento.

Já no site do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), empreender é iniciar algo novo, enxergar uma oportunidade que ninguém enxergou, é deixar a área dos sonhos e partir para a ação, tirar a ideia do papel.

Leia Também
1 De 183

Grandes empreendedores com histórias de sucesso inspiram outras pessoas a correr atrás de seus objetivos. Quanto maior o sonho, maior a disposição para enfrentar obstáculos. Um grande exemplo disso é a história de Olivardo Saqui, proprietário e fundador da famosa adega e restaurante Quintas do Olivardo, em São Roque (SP). Antes de alcançar o sucesso, ele enfrentou dificuldades financeiras e chegou a entrar em depressão.

Nos momentos mais difíceis, Olivardo nunca abandonou seu objetivo: produzir o próprio vinho. Aliás, essa foi, provavelmente, a receita para vencer os problemas que se acumulavam em um momento difícil de sua vida.

A paixão de Olivardo pelo vinho é antiga. Durante muitos anos, trabalhou em uma vinícola da cidade. As mudanças aconteceram em uma manhã de 2007, quando recebeu a notícia de que ele e todos os demais funcionários acabavam de perder seus empregos.

Depois de ter ficado arrasado e sem perspectivas de trabalho na região, decidiu apostar no antigo objetivo de ter sua própria vinícola.  Colocou à venda os únicos bens que possuía: a casa e o carro.  Com o dinheiro, comprou uma pequena propriedade na Estrada do Vinho, São Roque, e começou a fazer o que sabia de melhor, produzir vinho.

Após plantar as primeiras parreiras, sabia que demoraria pelo menos dois anos para colhê-las, produzir e vender o vinho. Neste período, encontrou maneiras criativas para manter-se e fez parcerias com produtores locais. Vendeu queijos, suco de uva e outros produtos, enquanto esperava para receber os primeiros clientes.

Atualmente, seu restaurante atende de cinco mil a sete mil pessoas por final de semana. Produz seis variedades de vinho e oferece cardápio amplo de típicos pratos lusitanos, como o pastel de nata.

Feliz com as conquistas, Olivardo diz que quando se é surpreendido por um revés da vida, talvez seja o momento para colocar seu sonho em prática.  De acordo com o empreendedor, nada foi fácil, mas ter um propósito e acreditar nele faz com que as pessoas conquistem coisas que jamais imaginaram.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.