Energia solar fotovoltaica no setor rural ultrapassa R$ 1,2 bilhão em investimentos no Brasil

Segundo a ABSOLAR, produtores rurais representam 8,6% da potência instalada na geração distribuída solar fotovoltaica

0

De acordo com mapeamento exclusivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), os investimentos em geração distribuída de energia solar fotovoltaica nas propriedades rurais já passam de R$ 1,2 bilhão no País. Segundo a entidade, os produtores rurais representam atualmente por 8,7% da potência instalada na geração distribuída a partir do sol no Brasil.

Distribuição

No acumulado, a geração distribuída solar fotovoltaica possui cerca de de 2,3 gigawatts (GW) de potência instalada, incluindo residências, comércios, indústrias, produtores rurais, prédios públicos e pequenos terrenos. Com um total de aproximadamente 200 mil sistemas em operação, a fonte solar fotovoltaica corresponde a 99,8% das conexões da modalidade no País, sendo a líder do segmento.

Leia Também
1 De 450

O levantamento da ABSOLAR mostra que, no total, já são mais de R$ 11,9 bilhões em investimentos acumulados desde 2012 na geração distribuída solar fotovoltaica. Eles estão espalhados pelas cinco regiões nacionais. Com isso, a tecnologia solar fotovoltaica está presente em mais de 79,9% dos municípios brasileiros.

Setores

Em número de sistemas fotovoltaicos instalados, os consumidores residenciais estão no topo da lista, representando 72,60% do total. Em seguida, aparecem as empresas dos setores de comércio e serviços (18%), consumidores rurais (6,3%). As indústrias (2,7%), poder público (0,4%) e outros tipos, como serviços públicos (0,04%) e iluminação pública (0,01%).

“O uso da energia solar fotovoltaica junto ao agronegócio traz ganhos de competitividade aos produtores rurais, pois reduz os custos com eletricidade. Além disso, aumenta a segurança elétrica e  protege o consumidor contra os aumentos das tarifas de eletricidade. A energia solar também aumenta a oferta de energia elétrica na propriedade rural e torna a produção no campo mais limpa e sustentável”, comenta Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR.

Rodrigo Sauaia, CEO da entidade, destaca que há diversas aplicações da energia solar fotovoltaica no setor rural. “A tecnologia é extremamente versátil. Ela pode ser utilizada no bombeamento e na irrigação de água, na refrigeração de carnes, leite e outros produtos. Além disso, pode ser usada na regulação de temperatura para a produção de aves e frangos, na iluminação entre muitas outras funcionalidades. A sinergia entre o agro e a solar fotovoltaica é enorme”, explica Sauaia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons