Colaboradora do HCN recebe prêmio IMED 3I’s por organização de Coffee Sustentável

Prêmio tem o objetivo de reconhecer e incentivar os colaboradores das unidades que se destacam e abrir espaço para ideias inovadoras

0

O Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED), organização responsável pela gestão dos Hospitais Estaduais de Trindade (Hetrin), Formosa (HEF) e do Centro-Norte Goiano (HCN), desenvolveu o projeto IMED 3I’s, por meio do Departamento de Gestão de Pessoas, a fim de reconhecer e incentivar os colaboradores das unidades que se destacam na execução de suas respectivas funções. Desta vez, foi premiado um projeto desenvolvido pela área de Nutrição e Dietética do HCN.

O IMED 3I’s – Iniciativas Inovadoras e Inclusivas – surgiu para premiar os profissionais que desenvolvem ações que beneficiam a corporação e, consequentemente, a sociedade. O intuito do projeto é abrir espaço para ideias capazes de contribuir com a melhoria das práticas, processos, tecnologias e métodos de gestão no setor da saúde, dentro e fora dos hospitais geridos pelo IMED.

A premiação foi entregue à Isabela Pacífico, coordenadora do setor de Nutrição e Dietética do Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN), unidade do Governo de Goiás. Em parceria com as profissionais Cristiane José de Oliveira e Bruna Karoline Matos Coelho, foi elaborado um coffee-break Sustentável para o encerramento do evento da Semana do Meio Ambiente, que aconteceu entre os dias 03 e 05 de junho.

Leia Também
1 De 386

O Coffee teve como objetivo promover a alimentação saudável e sustentável com o uso de produtos regionais e de materiais biodegradáveis, evitando uso de plásticos, seguindo a proposta do evento que foi organizado pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED) em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e o Instituto Federal de Uruaçu.

Todo o cardápio foi pensado com o objetivo de respeitar a sazonalidade de cada produto regional para realização das receitas. “Foram realizadas várias adaptações de receitas já existentes para obter os melhores resultados. Contamos, principalmente, com a ajuda da nossa nutricionista e gastrônoma, Cristiane, e dos demais colaboradores do setor de Nutrição e Dietética, para preparar tudo aqui na cozinha do HCN”, explica a coordenadora de nutrição da unidade.

A equipe aplicou técnicas dietéticas e alterou receitas tradicionais para promover um banquete com ingredientes locais, inspirando-se no livro ‘Biodiversidade Brasileira: sabores e aromas’, desenvolvido pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com diversas instituições federais, estaduais e do setor privado, e com o envolvimento de dezenas de professores, pesquisadores e estudantes.

“Os participantes ficaram admirados ao degustarem os sabores e aromas do cerrado, elogiando muito e despertando a vontade de adotarem práticas mais sustentáveis na alimentação também. Assim, nosso objetivo foi alcançado, sensibilizando os participantes de forma prazerosa e demonstrando como o time IMED é capaz e aplica os princípios do ESG em suas ações como um propósito cada dia mais presente”, afirma a organizadora do evento e diretora médica de sustentabilidade/ESG do IMED, Dra. Karina Pavão.

Segundo o diretor de tecnologia e inovação do IMED, Sérgio Velasquez, “ao fortalecer a cultura de inovação e reconhecimento, o projeto IMED 3Is tem o potencial de impulsionar o crescimento e o sucesso da empresa, ao mesmo tempo em que promove o desenvolvimento e a satisfação dos colaboradores”.

Para Adelson Júnior, gerente de gestão de pessoa do IMED, são ideias inovadoras, como essa do Coffee Sustentável, que o projeto IMED 3I’s busca. “Queremos incentivar os colaboradores a expressarem suas ideias de maneira estruturada e criativa, visando a resolução de desafios e a criação de oportunidades.”

Qualquer profissional do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento pode participar do projeto IMED 3I’s, seja da área assistencial ou administrativa de cada unidade. O levantamento da oportunidade de inovação acontece na rotina das unidades. Caso o colaborador, no dia a dia de suas respectivas atividades, perceber que há algum processo ou prática que pode ser desenvolvido ou aperfeiçoado, ele deve estruturar o escopo da ideia seguindo as instruções citadas no regulamento e se inscrever para concorrer ao prêmio.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons