Cultura organizacional com foco nos colaboradores traz resultados positivos

O conjunto de valores e práticas no cotidiano empresarial influencia diretamente a capacidade de atrair e reter talentos

0

Uma cultura organizacional que coloca os colaboradores no centro das atenções tem se mostrado um diferencial competitivo no cenário empresarial. A compreensão de que funcionários engajados e satisfeitos influenciam diretamente o sucesso de uma empresa tem levado organizações a adotarem abordagens voltadas ao bem-estar e crescimento profissional de seus membros.

A cultura organizacional, para além de um conjunto de valores e normas, é uma junção de práticas, comportamentos e valores que orientam a maneira como os colaboradores interagem e se relacionam com a empresa e entre si. Quando essa cultura é orientada para o cuidado e desenvolvimento dos funcionários, os impactos positivos são percebidos em diversos aspectos.

Um estudo da Universidade de Warwick, no Reino Unido, revelou que colaboradores satisfeitos são 12% mais produtivos do que aqueles que não se sentem valorizados. O pacote de benefícios aos colaboradores, com auxílios como vale refeição, vale alimentação, academia, vale farmácia, plano de saúde, entre outros, é um dos pontos de atenção que a corporação deve ter ao proporcionar valor, o que também compõe a chamada cultura organizacional.

Leia Também
1 De 384

Não só para quem já faz parte da companhia, a cultura influencia diretamente a capacidade de atrair e reter talentos. Profissionais buscam empresas que ofereçam um ambiente de trabalho que promova desenvolvimento pessoal, equilíbrio entre vida profissional e pessoal e um sentimento de pertencimento.

Uma cultura que promove a transparência, o respeito mútuo e a inclusão contribui para um ambiente de trabalho saudável, estimulante e colaborativo, apontam especialistas. Além disso, equipes que se sentem parte integral do propósito da empresa tendem a se alinhar mais facilmente com os objetivos estratégicos, tornando-se agentes ativos na busca de resultados.

 

Cultura organizacional sólida prioriza o bem-estar

Uma pesquisa conjunta entre Infojobs e Grupo TopRH destacou um desafio crucial que os departamentos de Recursos Humanos (RH) enfrentam e que tende a crescer no futuro próximo: a conciliação entre as diretrizes de gestão organizacional e as aspirações dos colaboradores.

Segundo o estudo, 64,4% dos profissionais que migraram do trabalho remoto para o presencial sentiram uma diminuição na qualidade de vida. Além disso, o levantamento revelou que a maioria (58,3%) considera-se menos produtiva após um dia de trabalho presencial, em contraste com apenas 21,3% que sentem um aumento na produtividade. Este cenário é agravado pelo fato de 73,9% dos participantes indicarem que o RH das empresas não implementou ações para uma melhor gestão e engajamento nesse processo de retorno.

Daniel Consani, CEO do Grupo TopRH, em entrevista à imprensa, destacou a crescente importância de se envolver ativamente na formação de uma cultura organizacional robusta, que coloque ênfase na abordagem abrangente e transparente da gestão, reconhecendo que a cultura e o propósito da empresa devem estender-se para além das fronteiras físicas da organização.

Quando abordadas, algumas iniciativas se destacam, como horários flexíveis (23,1%), ações de bem-estar e saúde mental (21,8%) e a adaptação do ambiente de trabalho (18,4%). A pesquisa também tratou a escassez de esforços do setor para reverter os impactos negativos observados.

 

Protagonismo dos funcionários é abordagem estratégica

A mentalidade de investir nos colaboradores não é apenas uma abordagem altruísta, mas uma estratégia que gera retornos tangíveis. Empresas que cultivam uma cultura organizacional centrada nos colaboradores observam melhorias na satisfação do cliente, na inovação e na resiliência em tempos desafiadores.

Para estabelecer uma cultura empresarial que transcenda a definição de missão, propósito e valores, é preciso englobar as práticas cotidianas que moldam sua essência. A cultura compreende a maneira como clientes e líderes são tratados, o ambiente na empresa a cada manhã, os horários de entrada e saída, além de outros detalhes como pontualidade.

Esses costumes, crenças e políticas exercem influência no comportamento de cada membro da equipe, direcionando-o em consonância com a missão, propósito e valores da empresa. Dessa forma, as atividades da organização fluem, impulsionadas pela cultura que permeia todos os aspectos.

A cultura não apenas reflete a identidade da empresa, mas também exerce impacto, influenciando as ações mais diversas, desde decisões estratégicas até processos internos. Assim, reconhecendo o poder da cultura organizacional, é possível conduzir as operações de maneira mais alinhada com os princípios e objetivos da empresa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons