GreenPlac revoluciona o setor florestal, afirma José Roberto Colnaghi, da Asperbras

A empresa utiliza inúmeras variedades genéticas de eucalipto para aperfeiçoar a produção de MDF

0

A Indústria de painéis de madeira certificada do Grupo Asperbras, a Greenplac, foi recentemente instalada no Mato Grosso do Sul com o objetivo de ser uma das maiores empresas do segmento no país. O MDF (Medium Density Fiberboard – Fibra de Média Densidade) é um painel de composição homogênea e ecologicamente correto, feito com a aglutinação de resina sintética e fibras de madeira reflorestada. A Greenplac viabiliza o negócio com a intenção de garantir a diversificação, a geração de empregos e, principalmente, a agregação de valor às florestas do brasil.

Eucalipto

O gênero Eucalyptus, de origem australiana, chegou ao Brasil por volta de 1825. Entre as décadas de 1940 e 1950, pesquisadores começaram a realizar estudos sobre o melhoramento genético da planta, o que iniciou o processo de clonagem do eucalipto no país. Nos anos de 1980, o estado de Mato Grosso ganhou destaque no mercado por conta das grandes plantações industriais. Com toda a tecnologia desenvolvida nos últimos anos, o Brasil lidera o rancking global de produtividade florestal com uma média de 35,7m³ por hectare ao ano para os plantios de eucalipto, segundo o IBA (Indústria Brasileira de Árvores).

Leia Também
1 De 386

 Produção própria

A Greenplac obtém uma média de 42 m³ anuais por hectare. O número é resultado do investimento na produção de clones e em materiais genéticos – que são adaptados para a região com o objetivo de elevar a qualidade da madeira utilizada na produção das placas de MDF. Atualmente a indústria possui um mosaico genético de plantio que utiliza mais de dez tipos diferentes de materiais genéticos, com o foco na produtividade e na qualidade.

Investimento

Além de obter uma produção própria, a Greenplac, vislumbrando oportunidades, incentivou um grande investimento florestal. Em parceria com o Innovatech Gestão – empresa do Grupo Innovatech – o projeto visa o plantio de 12 mil hectares de florestas em um período de seis anos, o que garante autossuficiência no abastecimento da indústria com a fonte  renovável de madeira certificada FSC.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons