HEF realiza doação de roupas de frio e marmitas para moradores em situação de rua

Comissão de Responsabilidade Social arrecadou 110 cobertores, 30 peças de roupas e distribuiu 110 marmitas

0

A frente fria que alcançou o Brasil nos últimos dias foi motivo de muita preocupação em algumas cidades do país. O estado de Goiás bateu o recorde histórico de menor temperatura já registrada no Centro-Oeste e os termômetros marcaram 5°C. Pensando na população em situação de rua, o Hospital Estadual de Formosa (HEF) realizou, nos dias 19 e 20, a entrega de roupas, cobertores de frio e uma deliciosa marmita às pessoas em vulnerabilidade.

A iniciativa é uma extensão da campanha do agasalho que ocorre anualmente no HEF. Portanto, esta ação conta com a organização da Comissão de Responsabilidade Social da unidade, que recebe doações dos colaboradores ao longo do ano. Neste outono gelado, a comissão decidiu cozinhar 30 quilos de arroz carreteiro e saiu às ruas. Assim, a equipe entregou 110 marmitas aos moradores em situação de rua de Formosa.

“Estamos muito orgulhosos de conseguir ajudar estas pessoas, porque sabemos da dificuldade delas. É essencial praticarmos a empatia todos os dias, mas nessa época de baixas temperaturas é difícil ficarmos tranquilos sabendo que tem gente passando frio ou fome”, destacou Talita Monteiro, assistente administrativa da unidade.

Leia Também
1 De 386

Doação de cobertores

Além do cardápio recheado de amor, carinho e, principalmente, atenção, os voluntários do HEF também distribuíram 30 peças de roupas doadas pelos colaboradores da unidade. A doação incluiu calças, blusas, toucas, luvas, camisas de manga longa e blazers.

Nas ruas o frio é implacável e, por diferentes motivos, muitas pessoas passam as madrugadas ao relento. Dessa maneira, a equipe de voluntários arrecadou e distribuiu 110 cobertores para aquecer as noites de quem sofre os impactos das madrugadas geladas nas ruas.

“O HEF prioriza a vida e uma das maneiras de fazer com que a população seja acolhida pelos serviços da unidade também passa pelo serviço abnegado. O voluntariado está no dna dos nossos colaboradores que provam, a cada nova ação, o potencial de ajuda ao próximo que todos nós temos”, finalizou Ana Brito, diretora do HEF.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons