Live Amor Cantado destaca a importância da doação de sangue

Foto: Divulgação
0

Dados do Ministério da Saúde indicam que 1,8% da população doa sangue de forma regular, mas é preciso aumentar este número

Criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Dia Nacional do Doador de Sangue é celebrado em 25 de novembro e tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância da ação. Com isso, os Hospitais Estaduais de Formosa, Luziânia, Trindade e São Luís de Montes Belos, por meio do projeto Amor Cantado, ação de humanização em saúde, se unem em campanhas para incentivar a doação voluntária de sangue.

Durante a pandemia as doações de sangue caíram cerca de 20% no estado de Goiás. Neste período, o Hospital Estadual de Trindade (HETRIN), por exemplo, em parceria com o Hemocentro do Estado, realizou campanhas de doação para auxiliar no abastecimento do banco de sangue. O hospital recebeu a unidade móvel da Hemorrede para facilitar a participação de pessoas que desejavam doar sangue. Foi uma ação que mobilizou colaboradores, pacientes e toda a comunidade da região.

Leia Também
1 De 384

Os requisitos básicos para a doação de sangue são: estar saudável, ter peso acima de 50kg, apresentar documento (com foto) válido em todo o território nacional e idade entre 16 e 69 anos. Menores de 18 anos precisam ter autorização dos pais ou responsáveis e, quem tem mais de 60 anos, precisa ter realizado pelo menos uma doação até essa idade. Quem tomou a vacina da febre amarela deve aguardar 30 dias para fazer uma doação. Já para a vacina contra gripe comum o prazo é de 48 horas.

“É de extrema importância que os hospitais participem das campanhas e convidem a população para a ação, pois a doação de sangue e o cadastro para doação de medula óssea salvam vidas”, afirma o diretor do IMED, Getro de Oliveira Pádua.

Para Hercílio Ramos, engenheiro e cantor voluntário do projeto Amor Cantado, a doação é algo simples e que pode ser feito por qualquer pessoa. “Em uma ação que dura 20 minutos você pode salvar a vida de alguém”, diz.

De acordo com o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue de forma regular, número que ainda está um pouco abaixo 2% estabelecidos como ideais pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). É importante atuar para que esse número aumente e estimular mais pessoas para que passem a doar regularmente de forma que os bancos de sangue tenham reserva viável.

A “live” Amor Cantado – Acolhimento Musical -, é transmitida para o Hospital Estadual de Formosa (HEF), Hospital Estadual de Luziânia (HEL), Hospital Estadual de São Luís dos Montes Belos (HESLMB) e pelo Hospital Estadual de Trindade (Hetrin), todos Hospitais do IMED. Além de ser transmitida pelo Youtube através do canal “TV IMED”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.