Para Movimento Vai Ter Gorda, vacina deve ser priorizada para pessoas com obesidade

Projeto do Nordeste de Amaralina, em Salvador, luta contra gordofobia e resgata autoestima de mulheres negras e periféricas

Ato do movimento Vai Ter Gorda, na Barra, em Salvador | Divulgação/Paulo Arcanjo
0

Quando a pandemia de Covid-19 teve início no ano passado, piadas gordofóbicas chamaram a atenção de Adriana Santos, 37, coordenadora nacional do movimento Vai Ter Gorda, projeto iniciado em 2016, no Nordeste de Amaralina, em Salvador.

“Surgiram logo aqueles cards falando sobre o antes e depois da quarentena, como a pessoa ficaria gorda e feia depois; isso entre vários posts que se propagaram associando o corpo gordo a uma coisa ruim. Um discurso muito falido e cruel, que humilhou e violentou muitas mentes das pessoas gordas”, avalia.

Para Adriana, que não vê graça nas associações, as pessoas com obesidade deveriam ser levadas a sério na fila da vacinação.

Leia Também
1 De 183

“No início da pandemia, os primeiros estudos sobre a questão dos grupos de risco caracterizavam o corpo gordo como um dos mais propensos a adquirir o coronavírus, e hoje quando a gente vê a questão da vacinação, essas pessoas deixam de ser prioridade”.

Por conta da pandemia, as atividades do projeto foram suspensas. O foco passou a ser a luta pela vacina. Disposta a transformar essa ação na prática, Adriana foi uma das participantes da audiência pública virtual que debateu a obesidade como fator de risco na pandemia, em 17 de abril, na Câmara dos Deputados.  A ideia é levar ao Ministério da Saúde o pedido de inclusão da obesidade como fator de priorização da vacina no país.

“Colocamos na audiência que não dar a vacina para pessoas que têm obesidade é gordofobia. As próprias articulações da vacinação, de imunização, esquecem de colocar como prioridade a pessoa que tem obesidade, mas que durante toda a pandemia foi caracterizada como sendo de risco”, diz Adriana.

Entre os participantes da audiência, o médico Fabio Vegas, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, destacou em números os perigos para as pessoas com obesidade no cenário atual.

“Recentemente, tivemos o grande dissabor de descobrir que obesidade é fator de risco para Covid-19. É um fator de risco grave porque 46% dos obesos têm mais risco de adquirir Covid. O paciente obeso tem 113% mais risco de precisar de internação hospitalar, 74% mais risco precisar de uma UTI e 64% mais risco de ser intubado”, listou.

Adriana lamenta ainda a morte de uma das integrantes do movimento que contraiu o coronavírus recentemente. “Ela não era uma pessoa gorda, obesa, mórbida, ela era apenas obesa. Se tivesse tomado a vacina, se tivesse sido imunizada, talvez ela ainda estivesse viva”, diz.

MOVIMENTO PELA AUTOESTIMA

Fundado por Adriana Santos, o Vai Ter Gorda iniciou suas atividades com apenas 15 mulheres e atualmente tem uma equipe de 150 pessoas espalhadas por todo estado. Como objetivo principal, o movimento busca resgatar a autoestima de mulheres pretas e gordas das periferias.

Em cinco anos, o projeto já levou prêmios como o 1° lugar no concurso Miss Bahia Plus Size, em 2013,  e o 5° lugar no concurso  Mulheres que fazem a diferença, em 2018.

Mulher preta, gorda, mãe solo e moradora do Nordeste de Amaralina, em Salvador, a trancista Gilsilene Araújo, 24, é uma das jovens integrantes do movimento. Convidada por Adriana, Gilsilene já fez um ensaio fotográfico para uma agência internacional e participou do ato no Dia Internacional Contra a Gordofobia, em Ondina, no ano passado.

“Hoje sou uma mulher empoderada e entendo meu lugar no mundo, o lugar de possibilidades, de escolher quem desejo ser e não o que me foi rotulado, o Vai Ter Gorda me ajudou a construir essa base não apenas para mim mas para todos ao meu redor e principalmente para meu filho”, diz a mãe orgulhosa. “Ele pega o pente garfo e arma o seu próprio black.”

Fonte: https://www.agenciamural.org.br/vai-ter-gorda-quer-vacina-para-pessoas-com-obesidade/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons