Instituição trabalha em prol da reinserção do preso na sociedade

0

logofbac

O tratamento diferenciado permite que, após cumprir a pena, os ex-presidiários tenham uma vida com mais dignidade.

A Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC) é uma associação civil sem fins lucrativos criada para disseminar, formar e fiscalizar uma ideologia inovadora de humanização no sistema prisional. Diferente do sistema comum, em que o condenado é isolado, nas casas administradas pela Fraternidade, os presos são incentivados a resgatar a cidadania, aprender uma profissão e são tratados com dignidade. Ao merecerem a confiança da instituição, recebem as chaves das próprias celas e o percentual de fuga é baixo. Já o índice de reincidência é de 20% nas FBAC contra 85% nas prisões tradicionais.

Leia Também
1 De 386

A associação ganhou em primeiro lugar no Prêmio Empreendedor Social, principal concurso de empreendedorismo socioambiental na América Latina. Realizado desde 2005 pela Folha de S.Paulo em parceria com a Fundação Schwab, tem o objetivo de selecionar, premiar e estimular os líderes socioambientais mais empreendedores do Brasil. Essa iniciativa é muito importante para nosso país, pois é essencial para transformar a base da sociedade.

A última edição do Prêmio Empreendedor Social (2017) repetiu o sucesso dos anos anteriores. Recebeu 160 inscrições e, como de costume, apenas três cases foram selecionados para concorrer à premiação final: Valdeci Ferreira  (FBAC), Bernardo Bonjean (Avante) e Ronaldo Lemos (ITS).

A participação na competição proporciona aos finalistas uma maior projeção nacional e internacional, a qual é reforçada pelo alto nível de qualificação e networking. Desta forma, os indicadores em sustentabilidade, impacto social direto e indireto, influenciam políticas públicas, abrangência e escalabilidade, que podem ser aprimorados.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons