Supercampo: um case de sucesso em governança e transparência no Agronegócio

A Supercampo adota uma abordagem de transparência com seus colaboradores e stakeholders

0

Na paisagem em constante evolução do agronegócio, a Supercampo se destaca como um notável exemplo de como uma empresa, independentemente de seu tamanho, pode adotar práticas de ESG – Ambiental, Social e de Governança – com comprometimento. Dirceu Faria, Head de Finanças da Supercampo, explica as estratégias e os diferenciais que fizeram da empresa uma referência nesse aspecto.

O ESG, desde o início, foi fundamental para a Supercampo, sendo incorporado à cultura da empresa e sendo um alicerce para o crescimento sustentável. Para o marketplace, a responsabilidade ambiental, social e de governança não é apenas um dever, mas uma estratégia essencial. “A empresa concentrou-se em organizar políticas e controles internos como ponto de partida para sua estrutura de governança. Isso não apenas forneceu a base necessária para sustentar o crescimento, mas também demonstrou o compromisso da Supercampo com a transparência e a responsabilidade em seus negócios”, afirma.

Os comitês de governança desempenham um papel crucial na empresa. O comitê fiscal já está em pleno funcionamento, e o comitê de engajamento foi criado com base em pesquisas de clima interno para apoiar as áreas social e ambiental. Essas iniciativas refletem o compromisso em supervisionar e implementar práticas de governança de maneira eficaz, integrando-as em sua estrutura organizacional. Mudar uma cultura empresarial já estabelecida é sempre um desafio, e a Supercampo não foi exceção. Um dos pilares para esse case de sucesso é justamente a importância de envolver os colaboradores e comunicar claramente os objetivos de governança da empresa como parte fundamental para superar esse desafio.

Leia Também
1 De 386

A Supercampo adota uma abordagem de transparência e envolvimento com seus colaboradores e stakeholders. Isso inclui treinamentos, fóruns de discussão e a criação do comitê de engajamento, onde os colaboradores podem contribuir para melhorias sociais tanto dentro da empresa quanto na sociedade em geral.

Além de sua governança sólida, a empresa também se preocupa com a responsabilidade social e ambiental, buscando reduzir seu impacto ambiental ao operar em um escritório com certificação LEED, visando à minimização de resíduos. A Supercampo é associada ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), um respeitado instituto internacional de divulgação da Governança Corporativa. Isso demonstra seu compromisso com padrões e certificações reconhecidos globalmente.

Quanto aos planos futuros, a Supercampo busca fortalecer o comitê de engajamento, desenvolver ainda mais os pilares do ESG e aprimorar suas políticas e códigos internos. A empresa acredita que isso a posicionará como uma referência em ESG, refletindo positivamente em seu crescimento futuro.

“Nossa jornada em direção à excelência em governança e transparência é uma prova de nosso compromisso com a responsabilidade corporativa. Acreditamos que a responsabilidade Ambiental, Social e de Governança deve ser mais do que uma estratégia; deve ser o coração de nossa cultura, alimentando nosso crescimento sustentável”, finaliza Faria.

Com o DNA 100% cooperativista, a Supercampo nasceu para fortalecer cooperativas no ambiente digital, suprindo suas necessidades na esfera tecnológica. E um dos serviços oferecidos é justamente o marketplace Supercampo.com, que tem como slogan “O agro precisa, a gente entrega!”. Saiba mais e garanta os melhores produtos na Supercampo.com

Sobre a Supercampo – formada pelas cooperativas Agrária, Alfa, Capal, Castrolanda, Coopertradição, Copacol, Copercampos, Coplacana, Cotrijal, Frísia, Integrada e Lar, a Supercampo conecta o produtor rural com as melhores oportunidades de negócios em ambiente digital. Um ecossistema digital com DNA 100% cooperativista, capaz de facilitar o processo de compra e gerar valor comercial.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons