Fórum Brasil África irá discutir segurança alimentar

O evento, que está em sua 7ª edição, vem através dos anos fomentando discussões sobre a cooperação entre Brasil e África

0

A segurança alimentar é um dos principais desafios a serem superados no mundo atualmente. O termo diz respeito à garantia de acesso à alimentação universalmente, e sem restrições. Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), a fome voltou a crescer no mundo. Conflitos, secas e desastres relacionados às mudanças climáticas estão dentre os fatores que contribuíram para esse cenário. O investimentos em setores estratégicos, como a agricultura, é essencial para o combate à fome e também para o crescimento econômico. A temática é o cerne do Fórum Brasil África 2019: Segurança alimentar: caminho para o crescimento econômico, que será realizado em novembro na cidade de São Paulo.

Cooperação Brasil e África

O fórum, que está em sua 7ª edição, vem através dos anos fomentando discussões sobre a cooperação entre Brasil e África. O Brasil se destaca no cenário mundial na agricultura, e têm investido em diversas tecnologias. Além disso, o país cultiva relações comerciais significativas com diversos países africanos. “O Brasil mostrou para o mundo que pode produzir alimentos. Se olharmos para 40 anos atrás, o nosso país era um importador de alimentos e hoje é um dos grandes produtores globais de commodities e serviços”, afirma o presidente do Instituto Brasil África (IBRAF), João Bosco Monte.

Leia Também
1 De 385

Negócios e cooperação

As alianças entre os setores privados, acadêmico e do governo estão entre os temas a serem discutidos no Fórum, que visa debater ações que já estão em andamento, além de novas oportunidades de negócios e cooperação.”Essas iniciativas são diretamente ligadas ao agronegócio e à criação de empregos que contribuirá para acabar com a pobreza e a fome”, diz Ayman Amin Sejiny, CEO da Corporação Islâmica para o Desenvolvimento do Setor Privado (CID). “A troca de experiências e networking que ocorre nesse período é muito importante para os envolvidos”, revela o presidente da Abrafrutas, Roberto Barcelos.

O evento contará com a participação de representantes do governo brasileiro, das Nações Unidas, e diversas organizações do setor público e privado. Uma dessas organizações é a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, que incentiva os negócios entre o Brasil e os países árabes, alguns deles localizados no norte da África. “Os árabes africanos vão, muito em breve, ter papel fundamental na difusão das tecnologias de agricultura e pecuária tropical do Brasil, que são indiscutivelmente as mais eficientes do mundo,” declarou Tamer Mansour, secretário geral da Câmara.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons