Grupo Asperbras reforça investimentos e ações sociais na África

A empresa desenvolve ações ligadas à saúde, abastecimento hídrico e indústria de base.

Hospital sendo construído no Congo
1

A Asperbras, fundada nos anos 1960, em Penápolis (SP), com seu excelente trabalho, expandiu suas atividades e hoje está presente na América do Sul, Europa e África. Porém, foi no continente africano que o Grupo  Asperbras desenvolveu ainda mais suas ações sociais.  “Vamos reforçar nossa atuação em projetos industriais e programas sociais na África”, diz José Roberto Colnaghi, da Asperbras. São milhares de pessoas beneficiadas nos últimos anos em várias províncias e vilas espalhadas, principalmente, pelo Congo e Angola.

Atuação na África

José Roberto Colnaghi, presidente do Conselho de Administração da Asperbras, destaca que a presença na África começou em 2004, em Angola. Atualmente, o grupo detém a concessionária de caminhões MAN Volkswagen naquele país e também está presente no Congo, onde é responsável pela construção de 12 hospitais, um distrito industrial e um programa de poços artesianos para fornecer água potável à população.

Leia Também
1 De 91

“Há tanta carência que esses projetos vão fazer muita diferença na vida das pessoas”, garante José Roberto Colnaghi. O grupo desenvolve ações ligadas à saúde, abastecimento hídrico e indústria de base.

Ações sociais

O primeiro projeto desenvolvido em Angola consistiu na construção de uma Zona Econômica Especial, em Luanda, um complexo com mais de um milhão de metros quadrados, que contempla 30 indústrias. O grupo se empenhou em várias ações da reconstrução angolana pós-guerra civil. Atualmente, a Asperbras participa do programa de transporte escolar “Avante”, voltado ao atendimento de 14 mil alunos do país que teriam de percorrer até 12 quilômetros para ir à escola. Essa iniciativa está sendo ampliada pelo governo local para tornar-se uma proposta de transporte público para toda a população.

No Congo-Brazaville, o Grupo Asperbras implantou o complexo industrial da província de Maloukou-Tréchot, que já têm 20 fábricas em pleno funcionamento. Construiu 12 hospitais de grande porte – um em cada província congolesa – e instalou equipamentos de última geração, como os de diagnóstico por imagens, Tratam-se de ações que integram o programa “Saúde para Todos”. Outra iniciativa de impacto, o “Água para Todos”, consiste na perfuração de 4 mil poços artesianos para abastecer com água potável mais de 1,5 milhão de pessoas.

Projeções futuras

“Nós trabalhamos para gerar emprego e renda e fazemos muitas ações sociais”, pontua Colnaghi, lembrando que são países que têm muitas necessidades.

Atualmente, além de continuar com o trabalho existente no Congo e Angola, a empresa está em prospecção de novas oportunidades de negócios na região como, por exemplo, as recentes tratativas para atuar em projetos semelhantes no Gabão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

1 comentário
  1. […] início dos anos 2000, a Asperbras voltou sua atenção para grandes projetos em países africanos. A empresa mantém uma base de […]

Show Buttons
Hide Buttons