José Maurício Caldeira, da Asperbras, afirma que a Greenplac está no time de grandes produtores de MDF

Empresa, que completou um ano recentemente, investe em energia limpa e utiliza eucalipto produzido pelo próprio Grupo

Greenplac, Água Clara - Foto: Divulgação
0

Há pouco mais de um ano a Greenplac iniciava suas operações no município de Água Clara, Mato Grosso do Sul. Com um investimento de mais de R$ 600 mil reais e equipamentos de última geração, importados da companhia alemã Siempelkamp, a empresa se tornou um dos mais modernos players do segmento no Brasil. José Maurício Caldeira, membro do Conselho do Grupo Asperbras, afirma que com apenas um ano de existência, a Greenplac já entrou para o time de grandes produtores de MDF do país.

O sucesso da companhia é reflexo dos investimentos que o Grupo Asperbras fez para trazer ao mercado brasileiro uma indústria com tecnologia de ponta, somado ao compromisso ambiental estabelecido antes mesmo de sua inauguração. A Greenplac, assim como tantas outras empresas ao redor do mundo, está empenhada em preservar os recursos naturais do planeta.

Na avaliação de José Maurício Caldeira, o primeiro ano de produção da Greenplac é muito satisfatória. “A base da nossa estratégia comercial e os resultados que estamos medindo com isso estão sendo atingidos exatamente dentro do que estávamos planejando”, afirma o empresário.

Leia Também
1 De 109

Produção

A Greenplac investiu R$ 75 milhões no plantio de florestas de eucaliptos próprios. Já estão plantados, sob rígido controle de manejo e origem, 12.000 mil hectares de florestas, o que garante autossuficiência no abastecimento da indústria. Enquanto a empresa não se utiliza da produção própria – cujo primeiro corte é previsto para até sete anos após o plantio – a empresa processará matéria prima adquirida no mercado slot (eucaliptos adquiridos de terceiros).

A energia utilizada em seu processo produtivo também passou pelas preocupações da empresa. Simultaneamente ao início das atividades da fábrica, a Asperbras instalou uma usina termelétrica de biomassa no município de Guarapuava, Paraná. A unidade funciona a partir da queima de rejeitos da indústria madeireira da região. A energia limpa obtida nesse processo equivale ao que é utilizado na produção de MDF. A venda da eletricidade, no Paraná, permite à empresa contratar, no Mato Grosso do Sul, energia suficiente para o funcionamento da indústria.

Usina Termelétrica de Biomassa de Guarapuava – Foto: Divulgação

Fábrica de resina

Para ampliar a produção autossuficiente, a empresa está implantando uma unidade de produção de resina, uma das principais matérias primas do MDF, a unidade está integrada a indústria de MDF, com previsão de início de operação para janeiro de 2020, aprimorando ainda mais a qualidade e produtividade da Greenplac.

Certificações

A empresa está em vias de obter a certificação FSC, selo verde mais reconhecido no mundo e emitido pelo Forest Stewardship Council – organização independente, não governamental, sem fins lucrativos, criada para promover o manejo florestal responsável ao redor do mundo. Ele garante que a madeira utilizada é oriunda de um processo produtivo manejado de forma ecologicamente adequada.

Além disso, a GreenPlac também já adiantou as tratativas para emissão do certificado CARB (California Air Resources Board), uma exigência para exportação para os Estados Unidos, que é concedido às empresas que atendem aos padrões de sustentabilidade durante o processo produtivo de painéis de madeira. Seu objetivo é comprovar a baixa emissão de formaldeído.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons